Home » Ciências Humanas » Mestrado em teologia: tire suas dúvidas e descubra se essa é a pós-graduação certa para você!

Mestrado em teologia: tire suas dúvidas e descubra se essa é a pós-graduação certa para você!

Algumas profissões têm na sua veia a pesquisa, sendo muito comum que os recém-graduados queiram continuar pesquisando. Entre essas está a teologia, já que muitos dos teólogos formados acabam dando sequência aos seus estudos, com um mestrado em teologia.

Porém, embora esse seja o caminho mais usual, é preciso bastante atenção para garantir que essa escolha lhe traga os resultados que você espera e realmente contribua para o seu crescimento profissional.

Pensa em fazer um mestrado em teologia, mas tem dúvidas se essa é a melhor escolha para o seu caso? Continue a leitura e saiba tudo sobre esse assunto.

Como é o mercado de teologia no Brasil?

Mestrado em Teologia

Hoje existem mais de 120 instituições credenciadas pelo MEC oferecendo cursos de licenciatura e bacharelado em teologia no Brasil, tanto na modalidade presencial, como à distância.

A formação do profissional varia bastante dependendo da universidade escolhida, mas geralmente o curso é de 4 anos e forma profissionais aptos a atuarem tanto como professores das áreas correlatas, como pesquisadores e consultores.

Algumas das possibilidades mais comuns de atuação são:

  • ministério: esse é o objetivo de grande parte dos formados em teologia, que poderão prestar assistência e realizar cultos em conventos, comunidades religiosas, hospitais, universidades, presídios, corporações militares, entre outros;
  • empresas: muitas empresas necessitam de consultoria para dar apoio religioso às suas equipes, buscando melhorar o desempenho e o moral dessas, como é o caso da Petrobrás, que contrata teólogos para trabalharem nas plataformas marítimas;
  • mercado editorial: o teólogo também poderá atuar produzindo e escrevendo livros e revistas de cunho religioso;
  • ensino: essa também é uma área tradicional, sendo que muitos formados em Teologia acabam optando por lecionarem religião em todos os níveis de ensino ou ainda atuarem junto à ONGs;
  • pesquisa: o teólogo poderá atuar realizando pesquisas históricas, estudando as tradições religiosas ou ainda interpretando textos sagrados, doutrinas, dogmas religiosos e interpretando e analisando as influências de determinada religião sobre uma sociedade.

Para quem não deseja atuar em um Ministério, os ramos do ensino e da pesquisa são os que mais absorvem os profissionais da Teologia atualmente, porém, na maior parte dos casos é obrigatório que o teólogo tenha uma formação a mais do que a graduação.

Será que devo fazer mestrado em teologia?

Decidir-se por um mestrado nunca é uma tarefa simples, já que esse pode exigir bastante do aluno, desde a preparação para as provas de admissão, até a confecção da tese e a sua defesa.

Além disso, se você optar por realizar o seu mestrado em uma universidade particular, ainda terá de arcar com as mensalidades, que nem sempre são acessíveis. Mesmo contando com uma bolsa de pesquisa, é preciso se preparar, já que muitas exigem que o candidato não tenha nenhum outro trabalho além do mestrado e cumpra um calendário bem rígido.

Por isso, o melhor a fazer é ter certeza de que esse é o investimento certo para a sua carreira nesse momento. Alguns questionamentos que você poderá fazer são:

  • Por que eu desejo fazer um mestrado em teologia?
  • Quais conhecimentos diferenciados e únicos essa pós-graduação me oferecerá?
  • Existem outras possibilidades de pós que também trarão esse retorno?
  • O quanto o título de mestre me auxiliará com meus objetivos profissionais e pessoais?
  • Poderei arcar com as despesas e as necessidades de tempo para me dedicar aos meus estudos?
  • Poderei abdicar do meu trabalho por 2 anos, caso consiga uma bolsa de pesquisa?

A partir dessas respostas, você conseguirá entender se esse realmente é o momento certo para um mestrado, se você está ciente das dificuldades que terá de enfrentar e também se está motivado para desenvolver e dedicar-se a um projeto de pesquisa longo e intenso.

Como é o mestrado em teologia?

Mestrado em Teologia

Se você já está certo de que o mestrado em teologia é o melhor para a sua carreira, saiba que existem vários tipos de programas oferecidos tanto por universidades públicas, como particulares em todo o país.

É muito importante que você opte por um programa que seja reconhecido pelo Capes (órgão regularizador dos mestrados e doutorados no país) e que tenha um conceito mínimo de 3 (os programas com notas acima de 5 são considerados excelentes).

Lembre-se também de definir o que você deseja pesquisar e procurar por universidades que tenham programas e linhas de pesquisa semelhantes. Uma boa forma é começar pesquisando na plataforma lattes por pesquisadores e professores que desenvolvam pesquisas semelhantes a sua linha e então buscar saber a qual universidade eles estão associados.

Em geral, os programas de mestrado têm duração de 2 anos, podendo ser prorrogado por mais alguns meses em casos específicos. A maior parte das vezes, o primeiro ano será dedicado a aulas sobre disciplinas importantes para o desenvolvimento da sua tese, e o segundo ano para a confecção da mesma.

Após o período finalizado, você terá de defender a sua tese de mestrado para uma banca, composta pelo seu professor orientador e outros professores especialistas na sua área, tendo de mostrar a relevância e o desenvolvimento da sua pesquisa científica.

A admissão poderá variar dependendo do programa escolhido, porém a maioria exige que o candidato:

  • apresente um pré-projeto com delimitação do tema, justificativa teórica e cronograma;
  • faça uma prova sobre a bibliografia específica do programa;
  • faça um teste para proficiência em outra língua estrangeira;
  • passe por uma entrevista com os professores orientadores, que irão analisar o seu currículo profissional e também o lattes, buscando entender a sua familiaridade com o tema a ser pesquisado e também com o universo da pesquisa científica.

Onde fazer meu mestrado em teologia?

Como você viu, responder a essa pergunta dependerá muito do tema que você deseja pesquisar, já que esse deverá estar de acordo com a linha estudada na universidade.

Existem muitas linhas de pesquisa que você poderá seguir, como:

  • teologia prática;
  • leitura e ensino da bíblia;
  • questões religiosas contemporâneas;
  • teologia fundamental-sistemática;
  • antropologia e religião;
  • teologia e sociedade;
  • história do pensamento teológico;
  • teologia na América Latina;
  • entre outros.

Lembrando que, embora muitos mestres em teologia sejam teólogos, isso não é necessário, já que os programas também aceitam formados em áreas correlatas, como história, filosofia, e outras.

Algumas universidades que oferecem o mestrado em teologia são:

  • PUC Goiás;
  • PUC São Paulo;
  • PUC Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF);
  • Escola Superior de Teologia (EST);
  • Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE);
  • Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

E, então, depois de ler o nosso conteúdo, você ainda tem alguma dúvida sobre o mestrado em teologia?